O que as guide shops nos ensinam sobre experiência
  • Renata de Freitas Camargo

Guide Shops: o que elas nos ensinam sobre experiência?

Quando pensamos em comprar temos duas opções: ou compramos nas lojas virtuais, ou vamos a uma loja física. Até uns anos atrás essas duas maneiras bastavam, mas como a demanda do consumidor foi mudando, outras estratégias surgiram.


Uma delas tem o nome de omnichannel, que é o uso de vários canais de comunicação de modo interligado e simultâneo. O objetivo é convergir ações entre lojas físicas, aplicativos, redes sociais e lojas virtuais, estreitando a relação entre online e offline.


O omnichannel traz muitas vantagens ao consumidor, sendo que a principal é ele poder ser atendido onde e quando desejar. As empresas têm também vários ganhos e, por isso, o conceito foi se destacando.


Pegando carona com as estratégias de omnichannel vieram as Guide Shops, uma tendência que começou com o setor de vestuário e atrai cada vez mais adeptos. Elas são lojas físicas ligadas a um e-commerce. Nelas o cliente entra, escolhe o produto, paga e sai sem sacola nas mãos, pois as compras são entregues em seu endereço.


As Guide Shops fazem sucesso porque aproximam os clientes e, como consequência, melhoram o relacionamento. Mas, para que a estratégia tenha sucesso, a loja precisa criar experiências positivas. Entenda melhor:




Guide Shops: o “figital”


“Figital” é um termo que une o físico e o digital. As Guide Shops traduzem bem esse conceito, uma vez que funcionam como um showroom no qual o cliente escolhe o produto na loja física mas o pedido é feito pelo site.


Neste modelo de “figital” o varejo online passa a ficar mais próximo do consumidor. A Amaro é pioneira no Brasil no conceito de Guide Shop. A C&A também entrou no mercado com a coleção Mindse7, comercializada exclusivamente online e com guide shops em São Paulo e no Rio de Janeiro.


Saindo da área de vestuário, mais recentemente a MaderaMadera, maior plataforma de produtos para casa do Brasil, lançou, em Curitiba, sua primeira loja física em Guide Shop.


MadeiraMaderia Guide Shop | Curitiba – Amaro Guide Shop | São Paulo

Sonos Interactive Store | Alemanha


Ok, mas você pode se perguntar: por que uma pessoa se deslocaria até uma loja física se os produtos estão no e-commerce? A resposta é bem simples: pela experiência.



Tendências em lojas físicas


Além das Guide Shops, existem os decorados virtuais, os estandes de vendas e lojas sem estoque – para citar alguns exemplos. Em comum eles têm um item primordial hoje em dia para atrair o cliente/consumidor, isto é, o fato de que todos focam em proporcionar uma experiência única.



Por exemplo, segundo conta este artigo publicado no Mercado e Consumo, a Volkswagen tem diversas concessionárias espalhadas pelo Brasil que utilizam a tecnologia de realidade virtual para mostrarem seus veículos. Com isso, o potencial cliente consegue visualizar de uma maneira muito mais precisa todos os modelos em todas suas versões e cores, algo praticamente impossível de acontecer em concessionárias que adotam as vendas tradicionais.


Como comenta o próprio artigo, o cliente é favorecido, mas também a loja em si, pois a digitalização dá portabilidade na hora da venda e diminui o investimento em espaço físico.


A portabilidade é também um dos benefícios dos decorados virtuais. Graças à realidade virtual a construtora pode levar o seu decorado para qualquer lugar. O consumidor, por sua vez, além de comodidade ganha em experiência, pois consegue explorar livremente o imóvel e ter uma visão completa e realista do empreendimento.


Decorado virtual – Incorporadora AG7 Realty | Curitiba


E por falar em experiência, a rede de franquias O Boticário também apostou em tecnologia em um novo conceito de loja. Localizada em Curitiba, o Boticário Lab é uma loja interativa que adota o sistema omnichannel e proporciona diversas ações para engajamento.


Dentre as tecnologias implementadas pelo Boticário Lab estão realidade aumentada, pagamento com celular, pick up store, espelho interativo de make e outros.


Loja interativa – Boticário Lab (espelho com realidade aumentada)



Saindo do padrão


Falar sobre padrão é muito relativo, afinal, o que é tendência hoje pode se tornar o normal do amanhã. Mas, como diz o ditado: “por que esperar amanhã o que você pode começar hoje”?


As Guide Shops são um sucesso porque reduzem custos com estoque e aproximam marca do consumidor. Ou seja, empresa e cliente são beneficiados. Elas são um bom exemplo de que hoje em dia as pessoas querem vivenciar novas experiências para realizarem compras mais satisfatórias e alinhar as expectativas do digital com a realidade do físico. Para isso, a tecnologia é uma grande aliada.


Decorados virtuais, lojas com realidade aumentada e concessionárias com realidade virtual são apenas alguns exemplos do que já começou e vem cativando clientes.


Se você não quer ficar para trás venha bater um papo conosco e conheça mais sobre nosso trabalho. Visite nosso site e entre em contato.


  • instagram
  • facebook
  • youtube
  • linkedin
icon-whatapp (1).png
Entre em contato ou solicite um orçamento
© 2019  A Z U B A  |  Curitiba - PR • Todos os direitos reservados